quinta-feira, 29 de abril de 2010

Relato de um GRANDE amor!

Como eu poderia sintetizar um sentimento tão grande em uma só palavra? Ou frase? Ou gesto? Impossível. Preciso contar a minha história, minhas grande história de amor, que em alguns dias parece um conto de fadas, em outros, é tão real quanto as dos outros, mas em particular, é minha e me faz bem, me faz feliz.
Quem diria que um convite ao léu resultaria nessa história, né Amor? E lá fui eu, acompanhada de quem entraria na minha vida e não se deixaria sair por nada nesse mundo. Depois da primeira saída, um encontro casual (ainda como amigos) e logo em seguida um show. Já não poderíamos resistir um ao outro. O que mais me encantou? Ter ficado à vontade, ter tido oportunidade de conhecer o HUGO, além daqueles braços fortes e da cara de marra. Descobri que era mais doce do que muitos que vestem essa máscara. Derreti ao primeiro beijo. Meu corpo ficou insustentável em seus braços. Foi mágico! Quem diria que o Skank fosse fazer parte da minha vida, das nossas vidas!
Mas vamos deixar de suspirar e continuar a historinha... (risos)


Na segunda-feira, pós show, pós balada, pós churrasco dos amigos dele (aonde já saímos praticamente comprometidos, segundo eles...), voltamos a realidade, cada um na sua. E, para minha surpresa, o interesse aumentou a meu respeito. O fato curioso é que, a noite, enquanto estava na faculdade, a doida da Celinha (figura importantíssima da história), me perguntou se eu já havia visto a foto.
Sem saber ao certo do que a maluca tava falando, perguntei:

- Que foto?

- A que o Hugo postou no orkut, respondeu.
- Aaaaah, deve ser a foto de sexta na boate. Legal! Respondi me fazendo de desentendida ('HAHA)


Ignorei a Celinha, afinal de contas, ela era doida mesmo. (Brincando, viu?) Mandei mensagem pra ele dizendo que a foto tava dando o que falar, que o povo tava perguntando, blábláblá.
Quando cheguei em casa, rimos muito de tudo e de todos, porque estávamos negando até a morte que tínhamos alguma coisa, afinal de contas, não sabíamos no que ia dar e como frequentamos um mesmo grupo de amigos (Torcida Independente do São Paulo), seria melhor manter um certo sigilo.


Eis a fatídica foto, o maior recorde de comentários "orkutianos" de todos os tempos.





Saímos no dia seguinte e pela primeira vez, sabíamos exatamente o que estávamos fazendo, o porquê de estarmos juntos e essa sensação era muito boa, era como ser adolescente de novo, como descobrir e aprender a gostar de alguém, era curtir aquele momento. Nunca conseguíamos nos despedir rápido, o tempo passava despercebido e quando olhávamos o relógio já era tarde. O dia seguinte nos esperava com nossas obrigações, mas pensávamos: "Quem se importa?"


Na quarta, iria ter reunião na Torcida e a convite dele, fomos juntos. Primeiro ponto estranho era que eu sempre ia com meu tio, segundo que os boatos sobre a foto estavam à mil. Nossa! Quando chegamos juntos lá, deu frio no meu estômago, maaaaaaaas, eu não tava nem aí. Fingi que não era comigo. 'HAHA Não lembro ao certo como o assunto começou, só sei que as perguntas e brincadeiras começaram, Júlio, como sempre, muito engraçadinho (rs.), Rafa rindo de canto de boca, enfim, a zorra tava feita. Até um pedido de namoro ser feito da forma mais linda e gentil que poderia existir. Geeeente, tremi toda! kkkkkkkk Não sabia o que falar, o que fazer, onde colocava as mãos, se ria, se chorava... (ufa!) Respondi o SIM dentro do carro quando ele me refez o pedido (à moda antiga).


Ráááá! No dia seguinte, eu não fiz nenhuma movimentação contextual, fiquei na minha, ia ver se era pra valer, se ele tomaria "atitudes", essas bobagens que fazem parte dos relacionamentos atuais. Entra mais uma vez na história a Celinha.


- Tcheeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeella!
- Que foi, Celinha?
- Ele mudou, ele mudou!
- Mudou o quê?
- ... o status do orkut pra "namorando"
- kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk E foi? Com quem será?
- Owww, Tcheella, muda logo o teu também.








... E desde esse dia (29/04/2009), ele passou a fazer parte da minha vida, fazendo com eu deixasse de usar o pronome só em meu prol e o tornasse coletivo, da NOSSA vida. Com ele aprendi, ensinei, ponderei, calei quando necessário, falei quando foi preciso, ri bem mais que chorei, afinal de contas, pra haver acertos, às vezes é preciso ter erros, ter momentos difíceis mas eles só nos fizeram amadurecer, nos mostraram que podemos e somos mais fortes que os problemas, porque nem sempre é possível viver sem eles mas a grande magia de poder ultrapassá-los de mãos dadas é impagável. Vencemos as batalhas que nos foram propostas. Conseguimos unificar os sentimentos sendo benquistos pelas nossas famílias mutuamente, vivemos dias de sol e chuva, risos e lágrimas, mau/bom humor, stress e placidez e, pra finalizar, concordamos e discordamos em muitas coisas, mas na principal, somos uma só voz: NOS AMAMOS MUITO.




Eu lembro de cada minuto, cada segundo, cada cheiro, cada olhar, cada toque, cada palavra que vivemos nesses 365 dias OFICIAIS. Lembro porque fazem parte da minha felicidade, lembro porque você não deixa a chama do nosso amor se apagar, nem ao menos ficar mais branda, lembro porque, sem que eu perceba, essas lembranças me tiram os sorrisos mais largos (aqueles que você sempre me pedia ao tirar fotos minhas), lembro porque a sensação de ser adolescente e viver um amor como o nosso é maravilhosa. E eu garanto, se todas as pessoas do mundo tivessem a oportunidade de viver ao menos um dia desse AMOR, seriam menos duras, menos frias e menos amarguradas, porque só nós sabemos o quanto ele faz bem e o quanto queremos que ele dure por toda a eternidade.


"Por você eu dançaria tango no teto
Eu limparia os trilhos do metrô
Eu iria a pé do Rio a Salvador
Eu aceitaria a vida como ela é
Viajaria a prazo pro inferno
Eu tomaria banho gelado no inverno
Por você eu deixaria de beber
Por você eu ficaria rico num mês
Eu dormiria de meia pra virar burguês


Eu mudaria até o meu nome

Eu viveria em greve de fome
Desejaria todo dia,
A mesma mulher


Por você, por você
Por você, por você


Por você conseguiria até ficar alegre
Pintaria todo o céu de vermelho
Eu teria mais herdeiros que um coelho
Eu aceitaria a vida como ela é
Viajaria a prazo pro inferno
Eu tomaria banho gelado no inverno
Eu mudaria até o meu nome
Eu viveria em greve de fome
Desejaria todo dia,
A mesma mulher


Por você, por você
Por você, por você"


POR VOCÊ - BARÃO VERMELHO










Meu sorriso é bem mais largo, minha vida é mais mais florida, meus dias são bem mais felizes desde que VOCÊ passou a fazer parte de tudo isso! Obrigada pelos melhores momentos, pelos melhores beijos, mais calorosos abraços, pelo colo mais aconchegante, pelas melhores surpresas, pelas melhores gargalhadas, pela melhor companhia.





"Eu quero beijos intermináveis até que os olhos mudem de cor"


Por Marcella Pires

12 comentários:

  1. Primeiramente, Felicidades a vocês... E muitos e muitos anos mais juntos pra vcs!! Beeeijos

    Obs: Sorte nossa que temos amores Felizes e únicos!(não é todos que tem esse privilégio)..então vamos aproveitaaaar e namorar muitooo( Marcella/Hugo e Thanmara/Júlio )!!!

    Parabéééns Casal!!!

    ResponderExcluir
  2. Ai que lindo amiga!! Que Deus abençoe esse amor e que seja eterno!

    ResponderExcluir
  3. Oh meu amor, não tenho nem palavras para expressar a minha emoção e felicidade... Como sempre digo, VC É MEU PRESENTINHO DE DEUS, é meu amor, é a pessoa com quem quero comemorar muitas outras datas como essa... resumindo, EU AMO MUITO VOCÊ...

    ResponderExcluir
  4. Mamazinha, achei lindo tudo que vc escreveu... Só tenho a dizer parabéns por viver esse sentimento tão nobre de forma tão linda!!!!

    ResponderExcluir
  5. ♥ Celinha Mendes ♥29 de abril de 2010 21:53

    ♥ Hmm ai que tchudooooOOO ♥

    Eu, particularmente, acredito no amor. E Tchella e Hugão para mim sabem caracterizar e vivenciar o amor como deveriam. Quando o poeta diz: O essencial é invisível aos olhos, quer justamente, dizer que o mais importante é isto. As pessoas se prendem ao físico, ao visual, ao palpável, quando não deveria ser né? Mas esse casal aê NHÃO ! Tchella e Hugão tem SIM para mim e acredito que para muuuuitos o RESPEITO e a CUMPLICIDADE do " gosto sincero de amor " E eu sou imensamente feliiiiiiiiz por ter feito e ainda fazer parte da vivência intensa e sincera de vcs ! Obrigada e ♥ PARABÉNS ♥ ao casal!

    ResponderExcluir
  6. Nossa... isso é mais que uma declaração de amor!!
    Que lindooo, fico feliz demais por vcs!!

    Felicidadessss

    bjs
    Fabiane =)

    ResponderExcluir
  7. Uma pessoa maravilhosa, de coração gigante, capaz de gerar saudades em diversos corações mesmo a quilometros de distância. Do tipo que o tempo não deixa esquecer, muito pelo contrário, alguém que é lembrada e benquista e pra quem se deseja as melhores coisas da vida. Uma menina mulher, uma meninha com atitudes de mulherão. Um coração que bate, que ama, que gera amor e cumplicidade. Cuide bem dela, Hugo.

    ResponderExcluir
  8. Parabééééééééens Mamá!
    Q texto belo, q declaraçã linda de amoor. desejo, de verdade, q vcs repitam mtos aniversários! conheço bem a sensação gostosa q essa data tem, completar um ano de um amor q pode durar para sempre, não é para qualquer pessoa, nos dias de hoje. Não desejaria menos felicidade que essa pra vcs!
    Beijo enoooorme nos dois.

    ResponderExcluir
  9. muito feliz por vc,mamá.
    espero q vc namore e seja feliz por muitos e muitos anos!
    bjus!

    ResponderExcluir
  10. Que lindoooo esse texto!
    Parabéns pra vocês por todo esse amor, e que seja eterno enquanto dure!
    Mamá, toda felicidade do mundo é pouca pra você.. eu desejo sempre tudo de melhor na tua vida!
    S A U D A D E

    ResponderExcluir
  11. Felicidades e boa sorte, sempre!
    Que o sentimento que um sente pelo outro se perpetue por muuuuito mais tempo, e que a felicidade de vocês seja realmente sólida.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  12. Amigaaaaaaaaaaa, parabéns pelos 365 dias :D
    Felicidades sempre pra vcs
    :*:*:*

    ResponderExcluir

Auto Featured Slideshow SpicyTricks.com